Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Pesquisar

Refletir sobre nossos planos é a melhor forma de planeja-los

05/01/2018

Refletir sobre nossos planos é a melhor forma de planeja-los

Início de ano é época de pegar o papel e caneta e listarmos nossos objetivos, mas será que estamos fazendo do jeito certo?

 

Muitas pessoas possuem o hábito de fazer listas com resoluções para o ano que se inicia. Viagem com a família, intercâmbio, comprar um carro, entrar na faculdade, ter um filho, emagrecer, são inúmeros desejos que transbordam a nossa mente neste período. Porém, ao chegar no final do ano nos deparamos com alguns objetivos da lista que não foram atingidos. Por consequência, acabamos nos frustrando.

De acordo com a Psicóloga do Hospital São Lucas da PUCRS, Juliana Majewski, antes de fazermos os planos para médio ou longo prazo, devemos sempre avaliar a realidade de cada indivíduo. “Planejar é preciso, mas dentro das nossas condições”, afirma.

Além de questionar a estrutura que temos para buscar nossos sonhos, precisamos também de maturidade para enfrentar possíveis insatisfações. Juliana explica porque eventualmente nos sentimos desanimados quando o ano termina: “Por vezes desejamos tanto algo que não está no nosso alcance naquele momento e acabamos nos decepcionando. Muitas expectativas trazem frustrações. Mas, podemos tirar lições delas também. Podemos aprender com a tristeza de não chegarmos ao fim do ano com todas as metas alcançadas”, e acrescenta “Metas são ligadas a desejos, mas nem todo desejo é passivo de realizações”.

Como dica, a psicóloga recomenda que analisemos o porquê não atingimos alguns objetivos para que haja a mudança para o próximo ano. “Frustações favorecem a revisão dos planos. A gente só muda o que não deu certo”, explica. Segundo a especialista, em tempos de redes sociais acabamos sentindo necessidade de estarmos felizes ao tempo todo, expondo nossas vidas e aguardando aprovação da sociedade.

Então, para 2018 planeje seus sonhos com cuidado e dentro da sua realidade. Tenha objetivos. Retome velhas metas e reveja o que não deu certo. Mas, não se culpe se algo não se concretizar.

Publicado em Imprensa do HSL