Categoria: Institucional

10/08/2020

Em 15 de agosto, data que marca a Assunção de Nossa Senhora, homenageamos os mais de 10 mil colaboradores e Irmãos dedicados à missão marista. Ao vivenciarmos um momento de mais perguntas do que respostas, que possamos renovar esperanças, ser escuta atenta aos sinais dos tempos e aos desafios nos Colégios, Unidades Sociais, PUCRS, Hospital São Lucas, Instituto do Cérebro do Rio Grande do Sul (InsCer) e na atuação missionária e pastoral na Amazônia. Como os valores maristas permeiam nossos dias? Maria é personagem central dessa trajetória, com sensibilidade e ternura necessárias para ser presença na adversidade. Nesse sentido, o apelo do XXII Capítulo Geral “Como uma família global, farol de esperança neste mundo turbulento” aponta para um jeito de ser embasado nos valores que inspiraram São Marcelino Champagnat, nosso fundador. Hoje, eles podem ser percebidos de diferentes formas: Amor ao Trabalho: com a dedicação diária de educadores/as que se reinventam para priorizar o aprendizado, agora online, e com os esforços na área da pesquisa na PUCRS e no InsCer. Demonstrado também a partir da garra para seguir na linha de frente no Hospital São Lucas, ou frente aos apelos de comunidades que acolhem as Unidades Sociais e a atuação na Amazônia. Exemplo disso é a trajetória de Luciane Carvalho, líder do Serviço de Nutrição do Hospital São Lucas

08/08/2020

Motivação e esperança. Essas são as duas palavras adotadas pela equipe do Hospital São Lucas da PUCRS (HSL-PUCRS), que neste sábado, 8 de agosto, iniciou a aplicação da vacina da farmacêutica chinesa Sinovac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan. Neste primeiro momento, dez profissionais da saúde que estão atuando no combate à Covid-19 receberam as primeiras doses do imunizante contra o coronavírus. Um grupo de cerca de 20 de profissionais do HSL, formado por farmacêuticos, enfermeiros, biólogos e médicos infectologistas será o responsável por conduzir, com suporte operacional e administrativo, o estudo no Centro de Pesquisa Clínica do Hospital. Ao longo dos próximos dois meses, eles receberão os voluntários selecionados de diversas instituições hospitalares da região metropolitana para um processo que envolve entrevista técnica, checagem de requisitos, orientações gerais e, por fim, a aplicação da vacina, que será feita duas vezes em 14 dias. O acompanhamento dos 852 voluntários escolhidos, no entanto, se estenderá até o fim de 2021. Para o líder do estudo e chefe do Serviço de Infectologia do HSL-PUCRS, Dr. Fabiano Ramos, há uma grande ansiedade e otimismo para o início do estudo. “Acompanhamos o progresso da vacina desde o início da pandemia e temos a confiança de que é um estudo capaz de responder positivamente à expectativa da sociedade. Esperamos que, comprov

03/08/2020

A vacina chinesa que será testada no Brasil já está no Hospital São Lucas da PUCRS (HSL-PUCRS). A equipe da instituição responsável pelo estudo, que já recebeu mais de 5 mil inscrições de interessados, teve acesso ao primeiro lote da Coronavac por volta das 14h desta segunda-feira, 3 de agosto. A lista com os primeiros profissionais da saúde que serão envolvidos no processo deve ser consolidada nos próximos dias, para que os testes possam ser iniciados na próxima semana. Todas as pessoas confirmadas para participar do procedimento receberão contato do Hospital para agendamento, checagem dos critérios e orientações gerais. Os 850 profissionais da saúde selecionados serão divididos em grupos e após receberem as injeções, serão monitorados continuamente para a documentação dos resultados. Cada um deverá receber duas doses da vacina ou do placebo, em um intervalo de cerca de duas semanas. A vacinação deverá se estender até o mês de outubro.

31/07/2020

Enquanto grande parte do mundo ainda mensurava os efeitos da pandemia do novo coronavírus, Rafael Lisboa Muller, de 45 anos, se deparava com o maior desafio de saúde da sua vida. No dia 29/3, após argumentar com a esposa que precisava de ajuda médica por achar que “poderia morrer” de tanta dificuldade em respirar, ele ingressou afoito no Hospital São Lucas da PUCRS. O que o representante comercial não sabia ainda é que aquela seria a sua segunda casa pelos próximos meses. Com baixa oxigenação no corpo devido ao diagnóstico de Covid-19, Muller logo precisou ser entubado na UTI. “Foi tudo muito rápido. Vim para o hospital, recebi o diagnóstico e avisei meu Irmão para vir buscar o carro, pois não sabia quanto tempo ficaria”, relata. Não houve tempo para despedidas e a partir daquele momento, sua esposa Sheila, e as filhas Rafaela e Giovana, de 15 e 13 anos, respectivamente, tiveram que lidar com o acompanhamento a distância. Foram 42 dias inconsciente, 50 na UTI e a constante sensação de medo e insegurança. “Meu maior choque foi acordar e perceber que não conseguia me mexer. Ali eu entendi que precisaria de ajuda por um tempo. Não era mais autossuficiente”, pondera. O carinho familiar imprescindível veio algum tempo depois, em forma de esperança. “Passei 63 dias sem ver as minhas filhas e naqueles breves 20 minutos que tivemos para nos encontrar no Hospital, passamos praticamente

Publicado em Institucional | Tags: ,
20/07/2020

por Leandro Firme, diretor geral do Hospital São Lucas da PUCRS O primeiro semestre de 2020 passou e levou muito de todos nós. Planos, experiências e as condições de vida com as quais estávamos acostumados. Rápido, silencioso e doloroso, levou também a nossa saúde, mental e física, por vezes em definitivo. Mas a tristeza nos fez seguir adiante, com a missão de encontrar saídas para uma crise global de saúde nunca antes sentida na contemporaneidade. Os efeitos de tudo isso têm intensidades diferentes em cada um. Embora isso nos preocupe do ponto de vista social, chama a atenção a forma com que nos aproximamos enquanto seres humanos. Sim, a vida foi posta em jogo. E quando nos vimos impactados por um turbilhão de fatos negativos, não conseguimos recorrer como gostaríamos àqueles que amamos. O abraço entrou em compasso de espera. Viver a experiência de enfrentar uma pandemia dentro de um complexo hospitalar é algo que não se esquece. Além da batalha contra a Covid-19, as demais doenças não param. O reflexo está nos rostos do dia a dia, que carregam medo, insegurança e incerteza. Mas não é só isso. Também emerge dos ambientes clínicos um chamado ainda maior à vida. Está nas mãos, mentes e sobretudo corações dos profissionais da saúde, que na assistência, no atendimento clínico ou na pesquisa se tornam ainda mais fundamentais. Nesse

Publicado em Institucional
10/07/2020

Na manhã de hoje, 10/7, ocorreu a assinatura do contrato que oficializa o Centro de Pesquisa do Hospital São Lucas da PUCRS como um dos 12 centros do país que irão realizar os testes clínicos da vacina contra o novo Coronavírus no Estado. Segundo Leandro Firme, diretor geral do HSL-PUCRS, esse é mais um passo importante na caminhada para a testagem da vacina. “Esse ato, embora simbólico, alimenta o sentimento de esperança que nutrimos em meio a esse cenário tão desafiador. É um alento para a sociedade e para a vida como um todo”, celebra. A partir dessa formalização, o Hospital direciona seus esforços para a organização interna, mobilizando o corpo técnico, administrativo e operacional que está consolidado em uma equipe de 20 profissionais, entre médicos, enfermeiros, farmacêuticos, equipe administrativa e técnicos em laboratórios. O espaço destinado ao estudo já está preparado no Centro de Pesquisa Clínica do complexo hospitalar visando o início das atividades. O recrutamento de voluntários será iniciado na próxima semana a partir de um link específico de inscrição que será divulgado no portal do HSL-PUCRS. “Com as informações e diretrizes do Instituto Butantan, estamos preparando as nossas equipes para organizar as próximas etapas e procedimentos, com intuito de iniciar o processo de testagem assim que possível”, completa Dr. Fabiano Ramos, líder do estudo e chefe do Serviço

02/07/2020

O Centro de Pesquisa Clínica do Hospital São Lucas da PUCRS (HSL) foi um dos selecionados pelo Instituto Butantan, um dos maiores centros de pesquisa, desenvolvimento e produção de imunobiológicos do mundo, para realização dos testes clínicos da vacina contra o novo coronavírus no Rio Grande do Sul. Para o Diretor Geral do HSL, Leandro Firme “é uma grande honra ter a possibilidade de fazer parte de um movimento histórico, junto a outros hospitais e centros de pesquisa de referência no Brasil e no mundo, na busca da vacina efetiva e segura contra a COVID-19″. O líder do projeto e chefe de serviço de Infectologia do Hospital, Fabiano Ramos, ressalta que os pesquisadores do HSL estão preparados para conduzir os estudos voltados à população do Rio Grande do Sul. “Estamos otimistas e não vamos medir esforços para alcançarmos os resultados necessários”, afirma Ramos. O Centro de Pesquisa Clínica do HSL integra mais de 30 investigadores dedicados a descobertas de novos medicamentos. O centro é especializado na condução de rigorosos testes, chamados de ensaios clínicos, utilizados para validar a eficácia e segurança de novos fármacos, medicamentos, vacinas e testes diagnósticos antes que cheguem ao mercado. Atualmente são mais de 200 estudos em andamento. O Hospital ainda aguarda os desdobramentos e orientações do Instituto Butantã para realização das testagens da vacina.

25/06/2020

Entre os dias 8 de junho e 10 de julho as doações poderão ser feitas em pontos de coleta na Universidade e no HSL

Cartaz da campanha do agasalho 2019, com o tema aquecendo coraçõesSer solidário tem sido cada vez mais importante no contexto atual, em que cuidar do próximo significa, mais do que nunca, cuidar de todos. E para que o frio não congele as ações de solidariedade, a união é fundamental. Para incentivar as doações na campanha do agasalho, a Universidade contará com pontos de arrecadação de roupas e materiais de higiene. A iniciativa acontecerá entre os dias 8 de junho e 10 de julho, com pontos de coleta no estacionamento do prédio 50 e no térreo da Reitoria

Publicado em Institucional | Tags:
15/05/2020

Dia Nacional do Controle da Infecção Hospitalar busca ampliar a conscientização para a necessidade urgente de ações preventivas no combate as infecções

Incorporado ao Calendário da Saúde desde 2008, o Dia Nacional do Controle da Infecção Hospitalar tem como objetivo reforçar a conscientização de agentes de saúde sobre as medidas de prevenção para a segurança dos pacientes. Entre essas ações preventivas, a higiene de mãos é uma das mais antigas e eficazes, e por isso tem sido constantemente recomendada na luta contra a Covid-19

13/05/2020
Assinatura convênio HSL-PUCRS e Santa Casa

Instituições assinam convênio que beneficiará o desenvolvimento da saúde no Estado. Com a pandemia do Covid-19,a área da saúde ganhou atenção em todo o mundo. São inúmeros os desafios para encontrar soluções que ampliem o atendimento à população, qualifiquem a formação de profissionais da área, melhorem a gestão das estruturas médico-hospitalares e promovam pesquisas inovadoras. Em Porto Alegre, uma parceria inédita entre instituições tradicionais busca superar esses desafios. Nesta quarta-feira, 13 de maio, foi assinado o convênio entre a PUCRS e a Santa Casa de Misericórdia com o propósito de unir forças e ampliar alternativas para a população. A parceria envolve projetos em quatro grandes frentes de atuação: ensino, pesquisa, gestão e inovação. O grande propulsor do convênio é o projeto de desenvolvimento do Centro de Medicina Fetal da Santa Casa, que envolve toda a linha de cuidado na área materno-infantil e, com maior ênfase, às complexidades. Um espaço no qual haverá integração de futuros profissionais dos programas de residências médicas e das pós-graduações stricto e lato sensu em regime de complementariedade entre PUCRS e Santa Casa. São mais de cinco mil