Conheça os benefícios do consumo do peixe

17/04/2019

Tradição na Páscoa, alimento deve ser opção o ano inteiro

O período da Páscoa é marcado por diversas tradições e o consumo do peixe é uma delas. No entanto, suas qualidades e os benefícios que traz para o organismo fazem desse alimento uma ótima opção o ano inteiro. Confira as informações trazidas pela equipe do Serviço de Nutrição e Dietética do HSL sobre o tema.

Fonte de sais minerais (cálcio, fósforo e iodo), fundamentais para a formação dos ossos; vitaminas A, relacionada à saúde ocular, e do complexo B, que auxiliam no metabolismo de vários nutrientes e na geração de energia, os peixes possuem também um tipo de gordura predominante chamada de poli-insaturada, destacando-se o ácido graxo ômega 3. A substância é encontrada principalmente em espécies de água salgada, como atum, arenque, bacalhau, sardinha e salmão, e em menor quantidade nos de águas doces. Ao longo dos anos, diversos benefícios deste nutriente já foram identificados e estudados:

• Ação protetora no sistema nervoso central;
• Ação positiva na capacidade cognitiva (no aprendizado);
• Prevenção e tratamento de transtornos mentais (como depressão e ansiedade), através de seu papel na neurotransmissão e neurogênese;
• Redução dos riscos de doenças cardiovasculares, retardando o processo de depósito de gordura nas artérias (aterosclerose);
• Redução da pressão arterial;
• Ação anti-inflamatória e antioxidante;
• Diminuição das taxas de triglicerídeos e colesterol total no sangue.

O aporte desse nutriente deve vir, primordialmente, de uma alimentação equilibrada e saudável. Além do peixe, o ômega 3 também é encontrado em fontes de origem vegetal, como as sementes de chia e linhaça, e, em quantidade menor, em sementes oleaginosas, como nozes e castanhas. Para os casos com maior risco de deficiência ou necessidade orgânica aumentada devido a questões particulares como idade, doença ou estado fisiológico (gravidez, por exemplo), a suplementação pode ser utilizada. Nessas situações, é essencial que a prescrição seja realizada por um nutricionista ou médico.

O ômega 3 traz muitos benefícios, porém, o consumo em excesso também pode gerar efeitos colaterais. O mais comum é o aumento no risco de sangramentos, pois ele tem grande influência na modulação da coagulação do sangue. Em períodos pré-cirúrgicos e em indivíduos com distúrbios de coagulação, o uso deve ser extremamente cauteloso e individualizado.

FIQUE ATENTO!

Ao adquirir os pescados, é muito importante identificar algumas características de um alimento saudável:
• Olhos salientes e brilhantes;
• Cheiro característico e suave;
• Guelras vermelhas;
• Carne firme, elástica e resistente à pressão dos dedos.
• Pele brilhante;
• Escamas bem aderidas à pele.

Fonte: Claudia Campos Viana – Líder de Nutrição Clínica – Serviço de Nutrição e Dietética do HSL

COMPARTILHAR: