Enfermeira do HSL palestra em Simpósio de Sepse

18/09/2018

Doença é uma das principais causas de morte no país

 

O Hospital São Lucas da PUCRS (HSL) esteve presente no III Simpósio Gaúcho de Sepse, realizado no dia 13 de setembro, em Porto Alegre. Na ocasião, a enfermeira responsável pelo Protocolo de Sepse no HSL, Ana Paula Amestoy de Oliveira, falou sobre os sistemas informatizados e gatilhos para manejo da sepse. O Simpósio também contou com a presença do chefe do Serviço de Controle de Infecção, Fabiano Ramos, e do Superintendente do HSL, Sérgio Baldisserotto, que falou sobre a utilização de vasopressores.

Segundo Ana Paula, a participação neste evento é uma importante oportunidade de dividir com toda a comunidade acadêmica os trabalhos desenvolvidos dentro do Hospital. “O nosso Hospital opera através de estratégias de sucesso que podem ser úteis em outras realidades, fortalecendo a política de segurança do paciente e trazendo benefícios no combate a sepse, problema de saúde pública que tanto preocupa nos dias atuais” comenta.

 

O que é Sepse?

A Sepse é uma síndrome complexa, constituída por uma série de manifestações graves do organismo em resposta a uma infecção. Essa infecção pode estar presente em apenas um órgão, porém é capaz de provocar um processo de resposta tão intenso que gera disfunções que afetam todo o organismo.

Uma das principais causas de óbito nas emergências e Unidades de Terapia Intensivo, a sepse ainda é uma síndrome desconhecida pelo grande público. Segundo o Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS), a mortalidade dos casos chega a 65% no Brasil.

 

 

COMPARTILHAR: