Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Pesquisar

Notícias

Filtro de Notícias
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
13/07/2018

O mito do álcool entre jovens como facilitador de interação social

Por: Pedro Eugênio Ferreira, psiquiatra coordenador do Ambulatório de Dependências Químicas do Hospital São Lucas PUCRS

O consumo de bebidas alcoólicas entre jovens se traduz num grave problema que vem evoluindo drasticamente ao longo do tempo, afetando a sociedade na sua globalidade. Por se tratar de uma população vulnerável, diversos grupos de pesquisadores têm se dedicado a estudar mais detalhadamente este comportamento juvenil. As constatações científicas são de que o inicio do consumo do uso do álcool vem ocorrendo cada vez mais precocemente entre adolescentes (média de 13 anos de idade) e adultos jovens. Também foi comprovado que o consumo precoce antecipa os riscos graves à saúde: hepatite alcoólica, gastrite, síndrome de má absorção, hipertensão arterial e cardiopatias. Um dado preocupante é o que relaciona o álcool com o aumento do risco de câncer. Isso ocorre devido a uma falha da produção da enzima desidrogenase alcoólica, presente em cerca de 6% da população. Esta ausência da enzima impediria a metabolização de um subproduto da bebida alcoólica, o acetaldeído, provocando danos permanentes ao DNA de células-tronco e o aumento do risco para vários tipos de cânceres: boca, faringe, laringe, esôfago, estômago, fígado,

Publicado em Imprensa do HSL
12/07/2018

Sinusite x Rinite: conheça as diferenças e semelhanças entre as doenças

Dores de cabeça e coriza são os principais destas doenças respiratórias

Na maioria das vezes, a Sinusite e a Rinite andam acompanhadas uma da outra. Elas possuem diversas semelhanças, mas pequenos detalhes as tornam diferentes. Por tanto, devem ter tratamentos diferentes. As duas doenças respiratórias estão interligadas, podendo uma derivar da outra. Conheça melhor cada uma, com suas particularidades e ao diagnosticar qualquer sintoma procure o médico.   Rinite  Diagnosticada como uma inflamação na mucosa do nariz, a rinite causa espirros, coriza, obstrução nasal, além de coceiras na garganta e no nariz. Nem toda a rinite é alérgica. Algumas são causadas por vírus e bactérias e possuem crises de longa duração. A rinite não-alérgica é associada a resfriados e ambientes com temperaturas em declive. A rinite alérgica tem como característica o surgimento em qualquer período do ano.   Sinusite  A sinusite é a infecção da membrana que reveste os seios paranasais. As cavidades internas da face têm funções anatômicas e o muco como revestimento. O fluxo desse muco na região nasal, quando impedido, causam inflamações e infeccionam. A sinusite pode surgir de uma gripe não tratada.   Principais diferenças  Um dos primeiros

Publicado em Imprensa do HSL
09/07/2018

Seus olhos merecem atenção especial

Exames de prevenção com o oftalmologista são fundamentais para a saúde ocular

Muitas pessoas buscam o atendimento com oftalmologista quando sentem alterações na visão, porém poucos procuram o médico para realizar a prevenção. Consultas preventivas da saúde ocular, podem auxiliar também no resguardo de outras enfermidades como diabetes, hipertensão arterial, aterosclerose, doenças neurológicas e reumáticas, além de tumores. Para auxiliar neste cuidado, confira algumas dicas:  

  • Alimentação – Alimentos com Ômega 3, como atum, salmão e sementes de linhaça, auxiliam na lubrificação dos olhos. Frutas vermelhas, mamão e abacaxi possuem antioxidantes, que contribuem na diminuição de metabolitos, dificultando o surgimento de lesões oculares.
  • Óculos escuros – Os óculos de sol com filtro ultravioleta podem auxiliar na prevenção de cataratas e degeneração macular. Porém, é preciso atentar para a qualidade das lentes. Produtos de fabricação duvidosa podem ser prejudiciais aos olhos. As lentes escuras devem filtrar os raios solares de forma intensa.
  • Uso de computadores e celulares – O uso de aparelhos eletrônicos e celulares provocam o ressecamento pela baixa frequência com que piscamos os olhos quando estamos expostos a ela. A aus

Publicado em Imprensa do HSL
02/07/2018

Hospital São Lucas da PUCRS marca presença em Festa Junina do Marista Champagnat

Iniciativa buscou promover a sinergia entre os empreendimentos da Rede Marista

  No último sábado, 30, o Hospital São Lucas da PUCRS foi uma das atrações da Festa Junina Solidária do Colégio Marista Champagnat. Promovendo a saúde, a instituição por meio de uma equipe multidisciplinar, disponibilizou diversos exames gratuitos, como a verificação da pressão arterial, índice de glicose no sangue e o cálculo do Índice de Massa Corpórea (IMC). Aproximadamente 250 pessoas passaram pelo Estande da Saúde do HSL. “O objetivo da participação nos eventos dos Colégios Maristas é difundir que a Rede Marista possui um Hospital de excelência que está à serviço dos estudantes e seus familiares”, explica a Coordenadora de Comunicação e Marketing, Daiane Wolk. A instituição também esteve presente na Festa Junina Rosariense, no começo do mês de junho. Ao todo, mais de 500 pessoas passaram pelo estande.

Publicado em Imprensa do HSL
02/07/2018

Governo oficializa investimentos para o Campus da Saúde

Recursos irão modernizar serviços de média e alta complexidade para a população

 O Campus da Saúde recebeu o investimento de R$ 55 milhões de emenda parlamentar via Ministério da Saúde. Os recursos serão para a estruturação, modernização e habilitação de serviços de média e alta complexidade, qualificando a assistência à saúde do Estado. A assinatura entre a Reitoria da PUCRS e o Governo do Estado ocorreu na última quinta-feira, 28 de junho. O contrato é de adesão à nova modalidade de repasse de recursos para manutenção hospitalar e contou com apoio da bancada gaúcha na Câmara de Deputados.

O ato ocorreu no Palácio Piratini com as presenças do governador José Ivo Sartori; ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha; do ministro da Saúde, Gilberto Occhi, e autoridades. Representaram a Universidade, o reitor Ir. Evilázio Texeira, o superintendente do Hospital São Lucas da PUCRS (HSL)Sérgio Baldisserotto, o assessor da Reitoria, Solimar Amaro, o procurador

Publicado em Institucional
29/06/2018

HSL convida: I Seminário do Serviço Social

  O Hospital São Lucas da PUCRS convida para o I Seminário do Serviço Social, que será realizado dia 21 de agosto, às 19h, no Anfiteatro Irmão José Otão (2º andar do HSL). O encontro será aberto para acadêmicos e profissionais da área da saúde, tendo como debate principal o “Olhar humanizado na atenção hospitalar e domiciliar”. De acordo com a Assistente Social líder, Débora Marcela da Costa Oliveira, “o evento visa debater os aspectos políticos e sociais, implícitos no cuidado ao usuário afetado por sua condição de saúde”. As inscrições são gratuitas e ocorrerão no local. Serão disponibilizados certificados de participação.   CRONOGRAMA: 18h30 – Credenciamento 18h50 – Abertura 19h – 1ª Mesa – Conjuntura atual da Política do SUS e do SUAS Advª. Marilinda Marques Fernandes – Conferencista especializada em Direito da Seguridade Social Profª Berenice Rojas – Professora da Pós-Graduação da Escola de Humanidades da PUCRS 20h10 – Coffee break 20h30 – 2ª Mesa – O cuidado hospitalar e domiciliar da pessoa dependente Dr. Mauro Kalil – Coordenador do Programa Melhor em Casa SMS Porto Alegre Dr. Lucas Ramos – Médico dos Cuidados Paliativos do HSL 21h40 – Encerramento   Mais informações através do telefone:

Publicado em Imprensa do HSL
26/06/2018

Pediatria do Hospital São Lucas realiza Festa Junina

Atividade aconteceu na última segunda-feira, 25 de junho

Um arraial tomou conta do saguão do 5º andar do Hospital São Lucas da PUCRS (HSL). No local, na última segunda-feira, 25 de junho, aconteceu a Festa Junina da Pediatria da Instituição. Organizada pelo Serviço de Recreação do HSL, a atividade contou com brincadeiras típicas como pescaria, argolas, danças e muito brindes. Além disso, os participantes degustaram um delicioso lanche junino. Brinquedos de papel Durante o evento, os alunos do curso de Design da Escola de Comunicação, Artes e Design da PUCRS realizaram a entrega de papertoys (brinquedos de papel) para os pacientes do setor. Os 30 modelos de brinquedos foram totalmente desenvolvidos pelos estudantes, com a intenção de incentivar a diversão no ambiente hospitalar. Essa é a terceira entrega decorrente da iniciativa. A ideia tem o objetivo de aproximar a realidades dos projetos universitários com as necessidades dos usuários, promovendo uma formação voltada não somente para a prática profissional, mas também para o viés social e humano. Os brinquedos foram planejados para serem impressos em folhas A4 ou A3, podendo ser pintados, recortados e monta

22/06/2018

Saiba as reações do corpo humano ao doar sangue

Além de fazer bem ao próximo, doar sangue faz bem para você!

  A doação de sangue mexe com o organismo de quem recebe, mas também de quem doa. Ele é insubstituível para quem precisa. São 450ml que podem salvar até quatro vidas. Confira algumas reações que o nosso corpo tem quando doamos:

  • O organismo demora, aproximadamente, 24 horas para repor o volume do sangue doado, através da mobilização de líquidos para dentro dos vasos e cerca de um mês para refazer os glóbulos vermelhos. Por isso, é recomendado que seja aguardado o período de segurança para a doação: 2 meses para os homens e 3 meses para as mulheres.
  • A doação não modifica o estado do sangue (fino e grosso).
  • A doação de sangue não engorda nem emagrece.
  • Doar sangue não causa febre. O sintoma só aparece se houver a incubação de vírus no organismo, antes da doação. Neste caso é fundamental que o doador avise ao Banco de Sangue, imediatamente, para que evite o uso do sangue doado.
  • Em algumas pessoas, a doação de sangue pode reduzir os riscos de doenças cardiovasculares, pois ajuda a manter os níveis de ferro.

  Fonte: Banco de Sangue Hospital São Lucas da PUCRS

Publicado em Imprensa do HSL
21/06/2018

Variações climáticas estimulam crises de asma

Com uma estimativa de 235 milhões de portadores em todo o mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a asma é a doença crônica mais comum entre as crianças. A falta de identificação rápida e de uma assistência adequada é comum e pode gerar consequências sérias para essas pessoas, que ficam sujeitas a restrições em suas atividades diárias. No dia 21 de junho, é celebrado o Dia Nacional de Combate à Asma, uma data dedicada para esclarecer dúvidas e disseminar informações sobre o tema. Bastante comum no inverno, a asma é uma doença inflamatória das vias aéreas com origem multifatorial, sendo a predisposição genética a principal delas. Costuma manifestar-se em crises, que podem ser desencadeadas por fatores como mudanças bruscas de temperatura, infecções respiratórias (gripes, resfriados e sinusites) e exposição a substâncias que provocam alergia respiratória, a exemplo de ácaro, pó, poeira, mofo, fumaça, cigarro, perfumes e cheiros fortes. Os principais sintomas são chiado no peito, falta de ar, tosse e sensação de aperto no peito. Frequentes no Rio Grande do Sul, as variações climáticas são provocadoras desse processo, exigindo cuidado redobrado. “O fato de em uma semana a temperatura ser muito baixa e na seguinte chegar a quase 30ºC é muito ruim para o alérgico respiratório. É o que desencade

20/06/2018

Você conhece a Etiqueta Respiratória?

Crianças e adultos com sintomas respiratórios, como tosse, coriza e congestão nasal, devem ser orientados a seguir medidas simples, mas que podem minimizar a transmissão de doenças infecciosas. Conheça a Etiqueta Respiratória: – Ao tossir ou espirrar, cubra a boca e nariz com um lenço de papel e descarte-o imediatamente no lixo. – Caso não tenha lenço ou papel, utilize o antebraço para tossir e ou espirrar. Não use as mãos para cobrir a boca, pois são importantes meios de contaminação – Higienize as mãos com frequência e sempre após tossir ou espirrar, use água e sabonete ou álcool gel.

Publicado em Imprensa do HSL