Notícias

Filtro de Notícias
COMPARTILHAR:
27/08/2020

O Hospital São Lucas da PUCRS (HSL-PUCRS) recebeu um reforço do Vaticano para o combate à Covid-19. Nesta quinta-feira, 27/8, um representante enviado pelo Papa Francisco esteve no complexo hospitalar para formalizar a doação de quatro respiradores e um aparelho de ultrassom utilizado para exames de captação de imagens de tecidos ou fluxos sanguíneos. O emissário Antonio Guizzetti foi recebido em Porto Alegre pelo arcebispo metropolitano, Dom Jaime Spengler, pelo reitor da PUCRS, Irmão Evilázio Teixeira, e pelo diretor-geral do Hospital, Leandro Firme. Durante a visita, o grupo circulou pelas dependências do HSL, passando pelo Centro Clínico, Centro de Diagnóstico de Imagem e também pelos ambulatórios onde atualmente é conduzido o estudo da testagem da vacina contra o coronavírus. Os equipamentos doados foram direcionados para a UTI que acolhe exclusivamente os pacientes com Covid-19. Como forma de gratidão, a unidade de tratamento intensivo foi nomeada Papa Francisco. Para ajudar no atendimento à doença na Região Metropolitana, o Hospital vem ampliando gradativamente a sua oferta de leitos para pacientes contaminados com o coronavírus. Atualmente, 46 leitos estão disponíveis na UTI Covid-19 e outras 104 unidades para a Enfermaria. Segundo o reitor da PUCRS, Irmão Evilázio Teixeira, ”Este ato de solidariedade da Igreja, bem como todo apoio recebido de nosso arcebispo e chancele

COMPARTILHAR:
24/08/2020

Passados os 14 dias do recebimento da dose inicial da vacina da farmacêutica chinesa Sinovac, os primeiros voluntários selecionados para participar do estudo retornaram ao Hospital São Lucas da PUCRS (HSL-PUCRS) nesta segunda-feira, 24 de agosto, para a segunda aplicação do possível imunizante. Com a conclusão desta etapa, eles passam ser acompanhados pela equipe da pesquisa por meio do diário do paciente. Luciano Marini, que atua como médico intensivista na UTI do HSL, foi recebido pela equipe responsável pelo estudo para retomar parte do processo iniciado no dia 8 de agosto. Além de realizar novamente algumas coletas, como o teste rápido de Covid-19 e swab, nesta etapa ele recebeu um segundo diário para a marcação dos registros. “Desde então eu passei muito bem, seguindo o trabalho normalmente e sem sintomas ou reações inesperadas.”, afirma. A técnica de enfermagem da Emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Fabiana Silva de Souza, também recebeu a segunda dosagem nesta segunda-feira, em um processo que demorou aproximadamente uma hora. “Vejo de uma forma positiva não ter tido sintomas, pois isso mostra a segurança da vacina. Que o resultado saia o quanto antes e a gente tenha boas notícias.”, pondera. O estudo Atualmente em sua terceira etapa de testes, a vacina está no estágio em que é aplicada em larga escala, o que poderá comprovar em definitiv

COMPARTILHAR:
Publicado em Institucional | Tags: , ,
21/08/2020

A tosse seca e as dores de cabeça e no corpo acompanharam o engenheiro mecânico Valdir Souza dos Santos durante as duas semanas do seu enfrentamento contra a Covid-19. As adversidades físicas, no entanto, tiverem efeito reduzido sobre ele diante de sua maior luta: o aspecto psicológico. Longe da esposa, dos dois filhos e da enteada, ele se viu em uma angustiante situação de isolamento. Aos 62 anos de idade, Valdir chegou ao Hospital São Lucas da PUCRS no dia 25 de maio, após queixar-se com a esposa de dores intensas no fim de semana, que indicavam uma gripe. Antes mesmo de ter confirmada a presença do coronavírus, ele teve registrada uma opacidade em vidro na tomografia do tórax, que estava afetando diretamente o funcionamento dos pulmões. O quadro começou a ser tratado e as dores não se intensificaram, mas a insegurança começou a acompanhá-lo. “Fiquei assustado, pois mesmo idoso, não tinha nenhuma comorbidade, doença crônica ou problema cardíaco. Sempre fui saudável”, salienta. Os efeitos da pandemia no Rio Grande do Sul ainda não eram tão exponenciais e com o vazio da Enfermaria e da própria UTI, o sentimento de solidão era mais evidente. Mas Valdir encontrou o apoio que precisava. Médicos, enfermeiras, técnicos e profissionais da limpeza passaram a ocupar um espaço especial nos seus dias, minimizando a saudade. “A sensação que eu tinha é que a equipe sentia tudo junto comigo

COMPARTILHAR:
Publicado em Imprensa do HSL
18/08/2020

​​​​​​Com o objetivo de contribuir na elaboração de estratégias e ações para o desenvolvimento do Voluntariado neste segundo semestre, no dia 20 de agosto, das 14h às 16h, haverá um encontro online destinado aos colaboradores/as responsáveis pela articulação da iniciativa nos espaços de missão. A atividade contará com a assessoria do Pe. Vilson Groh e faz parte das comemorações do Dia Nacional do Voluntariado, marcado para o dia 28 deste mês. Além do evento online, o Dia Nacional do Voluntariado será marcado por uma série de atividades virtuais. A partir de um roteiro formativo-celebrativo elaborado pela Coordenação de Pastoral, os/as voluntários/as serão convidados/as a participar de encontros online que contarão com momentos de oração, partilha e vivências. Também haverá ações nas redes sociais.​

Tempos de mudanças e desafios ​

Manter os/as estudantes motivados/as a participar de ações extraclasses como os grupos de voluntariado marista é uma das pautas dialogadas atualmente. Diante da realidade de incertezas e adaptações da rotina pessoal e escolar, fortalecer o compromisso com a Cultura da Solidariedade tem sido um dos desafios do voluntariado marista . No 

COMPARTILHAR:
Publicado em Imprensa do HSL
14/08/2020

Atento ao cenário de expansão da pandemia do coronavírus, o Hospital São Lucas da PUCRS (HSL-PUCRS) ampliou sua oferta de leitos para o enfrentamento da Covid-19. Foram disponibilizados 14 novos leitos de UTI Covid-19 e outros 44 designados para a Enfermaria que atende pacientes com a doença. Ao longo dos últimos meses, o crescimento de leitos de UTI Covid-19 no HSL saltou de 5 para 46. Na Enfermaria as unidades disponíveis passaram de 12 para 104. Para o diretor-geral do Hospital, Leandro Firme, a iniciativa de expansão busca trazer respostas para os desafios atuais. “Esse movimento reforça o nosso compromisso diante da sociedade, que tem uma necessidade imediata de assistência. Precisamos fazer a nossa parte para que a população tenha amparo nos momentos mais críticos dessa pandemia”, salienta. Segundo o diretor-técnico do Hospital, Dr. Saulo Bornhorst, as mudanças realizadas recentemente buscam fortalecer de forma segura a rede hospitalar no enfrentamento à pandemia. “A situação é bastante difícil e nos toca muito. Além da oferta de leitos, temos feitos todos os movimentos necessários para não interferir nos demais atendimentos de alta complexidade realizados diariamente, mantendo áreas focadas exclusivamente no tratamento da Covid-19”. Além do envolvimento direto no tratamento de pacientes infectados, o Hospital também tem atuado de forma intensa no estudo da vacina desenvo

COMPARTILHAR:
Publicado em Imprensa do HSL
10/08/2020

Em 15 de agosto, data que marca a Assunção de Nossa Senhora, homenageamos os mais de 10 mil colaboradores e Irmãos dedicados à missão marista. Ao vivenciarmos um momento de mais perguntas do que respostas, que possamos renovar esperanças, ser escuta atenta aos sinais dos tempos e aos desafios nos Colégios, Unidades Sociais, PUCRS, Hospital São Lucas, Instituto do Cérebro do Rio Grande do Sul (InsCer) e na atuação missionária e pastoral na Amazônia. Como os valores maristas permeiam nossos dias? Maria é personagem central dessa trajetória, com sensibilidade e ternura necessárias para ser presença na adversidade. Nesse sentido, o apelo do XXII Capítulo Geral “Como uma família global, farol de esperança neste mundo turbulento” aponta para um jeito de ser embasado nos valores que inspiraram São Marcelino Champagnat, nosso fundador. Hoje, eles podem ser percebidos de diferentes formas: Amor ao Trabalho: com a dedicação diária de educadores/as que se reinventam para priorizar o aprendizado, agora online, e com os esforços na área da pesquisa na PUCRS e no InsCer. Demonstrado também a partir da garra para seguir na linha de frente no Hospital São Lucas, ou frente aos apelos de comunidades que acolhem as Unidades Sociais e a atuação na Amazônia. Exemplo disso é a trajetória de Luciane Carvalho, líder do Serviço de Nutrição do Hospital São Lucas

COMPARTILHAR:
08/08/2020

Motivação e esperança. Essas são as duas palavras adotadas pela equipe do Hospital São Lucas da PUCRS (HSL-PUCRS), que neste sábado, 8 de agosto, iniciou a aplicação da vacina da farmacêutica chinesa Sinovac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan. Neste primeiro momento, dez profissionais da saúde que estão atuando no combate à Covid-19 receberam as primeiras doses do imunizante contra o coronavírus. Um grupo de cerca de 20 de profissionais do HSL, formado por farmacêuticos, enfermeiros, biólogos e médicos infectologistas será o responsável por conduzir, com suporte operacional e administrativo, o estudo no Centro de Pesquisa Clínica do Hospital. Ao longo dos próximos dois meses, eles receberão os voluntários selecionados de diversas instituições hospitalares da região metropolitana para um processo que envolve entrevista técnica, checagem de requisitos, orientações gerais e, por fim, a aplicação da vacina, que será feita duas vezes em 14 dias. O acompanhamento dos 852 voluntários escolhidos, no entanto, se estenderá até o fim de 2021. Para o líder do estudo e chefe do Serviço de Infectologia do HSL-PUCRS, Dr. Fabiano Ramos, há uma grande ansiedade e otimismo para o início do estudo. “Acompanhamos o progresso da vacina desde o início da pandemia e temos a confiança de que é um estudo capaz de responder positivamente à expectativa da sociedade. Esperamos que, comprov

COMPARTILHAR:
03/08/2020

A vacina chinesa que será testada no Brasil já está no Hospital São Lucas da PUCRS (HSL-PUCRS). A equipe da instituição responsável pelo estudo, que já recebeu mais de 5 mil inscrições de interessados, teve acesso ao primeiro lote da Coronavac por volta das 14h desta segunda-feira, 3 de agosto. A lista com os primeiros profissionais da saúde que serão envolvidos no processo deve ser consolidada nos próximos dias, para que os testes possam ser iniciados na próxima semana. Todas as pessoas confirmadas para participar do procedimento receberão contato do Hospital para agendamento, checagem dos critérios e orientações gerais. Os 850 profissionais da saúde selecionados serão divididos em grupos e após receberem as injeções, serão monitorados continuamente para a documentação dos resultados. Cada um deverá receber duas doses da vacina ou do placebo, em um intervalo de cerca de duas semanas. A vacinação deverá se estender até o mês de outubro.

COMPARTILHAR:
03/08/2020

Em comunhão com a Igreja, o Brasil Marista vivencia durante o mês de agosto a Semana Vocacional Marista. Neste ano, ela ocorre de 16 a 22/8 com o tema Desperte-se e lema Vocação: qual é o seu propósito?, promovendo a cultura vocacional com atividades em todos os espaços de missão. Toda vocação está ligada ao projeto de vida, abordado nas práticas pedagógicas da educação integral e na área da saúde. Daí a importância de se potencializar os diálogos sobre o despertar em todos os seus significados, o estar consciente diante da própria vida e o viver com o máximo de atenção ao momento presente. Neste ano, em razão da pandemia de coronavírus, a programação da Semana será totalmente digital com uma série de conteúdos e lives:

  • 3/8 – Lançamento do Portal Vocacional: www.vocacionalmarista.org.br
  • 17/8 – Live Desperte-se: já pensou qual o seu propósito?, às 18h, no Canal do YouTube da Umbrasil. Contará com a participação do Ir. Luciano Tamiski, da nossa Província Marista Brasil Sul-Amazônia, do Ir. Leonardo de Faria Stoch, da Província Brasil Centro-Norte (PMBCN), de Bruno Socher, da Província Brasil Centro-Sul (PMBCS) e de Cida Vieira Gomes, da PMBCN.
  • 27/8 – Live Musical, às 18h, no Canal do YouTube da Umbrasil. Com Léo Ross, da nossa PMBSA, João Neto, da PMBCN e Ir. Marcone, PMBCN.
  • 29/8 – Live em parceria co

COMPARTILHAR:
Publicado em Imprensa do HSL
31/07/2020

Enquanto grande parte do mundo ainda mensurava os efeitos da pandemia do novo coronavírus, Rafael Lisboa Muller, de 45 anos, se deparava com o maior desafio de saúde da sua vida. No dia 29/3, após argumentar com a esposa que precisava de ajuda médica por achar que “poderia morrer” de tanta dificuldade em respirar, ele ingressou afoito no Hospital São Lucas da PUCRS. O que o representante comercial não sabia ainda é que aquela seria a sua segunda casa pelos próximos meses. Com baixa oxigenação no corpo devido ao diagnóstico de Covid-19, Muller logo precisou ser entubado na UTI. “Foi tudo muito rápido. Vim para o hospital, recebi o diagnóstico e avisei meu Irmão para vir buscar o carro, pois não sabia quanto tempo ficaria”, relata. Não houve tempo para despedidas e a partir daquele momento, sua esposa Sheila, e as filhas Rafaela e Giovana, de 15 e 13 anos, respectivamente, tiveram que lidar com o acompanhamento a distância. Foram 42 dias inconsciente, 50 na UTI e a constante sensação de medo e insegurança. “Meu maior choque foi acordar e perceber que não conseguia me mexer. Ali eu entendi que precisaria de ajuda por um tempo. Não era mais autossuficiente”, pondera. O carinho familiar imprescindível veio algum tempo depois, em forma de esperança. “Passei 63 dias sem ver as minhas filhas e naqueles breves 20 minutos que tivemos para nos encontrar no Hospital, passamos praticamente

COMPARTILHAR:
Publicado em Institucional | Tags: ,