PUCRS, HSL e InsCer apresentam ações de impacto social

10/06/2019

Ao longo do ano de 2018, mais de 830 mil pessoas foram beneficiadas pelas ações da extensão universitária promovidas pela Universidade, como assistência à saúde, voluntariado, cursos e espetáculos culturais. Os programas próprios de bolsas e crédito educativo permitiram a 5,7 mil estudantes aproveitarem as oportunidades de uma educação transformadora, solidária e empreendedora. Na área da pesquisa, cerca de 2,5 mil universitários contribuíram para a ciência por meio de bolsas de Pós-Graduação e de Iniciação científica. Esses são apenas alguns dos principais resultados de impacto social apresentados na mais recente edição o Relatório Social PUCRS, Hospital São Lucas (HSL) e Instituto do Cérebro do RS (InsCer). Acesse todas as realizações neste link.

Nos dados sobre as três instituições, foi apurado que a presença feminina é predominante entre os 6.826 colaboradores, correspondendo a 59% dos profissionais e aprendizes. O aprimoramento das equipes recebe atenção permanente por meio de capacitações que alcançaram 1.076 pessoas.

No campo da internacionalização das investigações científicas, o PUCRS PrInt conta com 14 projetos de cooperação com instituições estrangeiras, envolvendo 23 programas de Pós-Graduação. Na área da saúde, além de serem referência em assistência, ensino e pesquisa, HSL e InsCer destacam-se também pela humanização das relações com os pacientes. No Hospital, o voluntariado dedicou 10 mil horas ao atendimento de 69 mil pessoas. Já o InsCer beneficiou mais de 400 pessoas com projetos comunitários e promoveu atendimento gratuito a 300 pacientes do Sistema Único de Saúde.

 

COMPARTILHAR:
Publicado em Imprensa do HSL