Tag: pesquisa

16/12/2019

A pesquisa é inédita no País e tem participação de professor da PUCRS

revista, aids, vidas com aids, joyce, gina, yura, aluno de jornbalismo, famecos, agência j

Foto: shutterstock

Pela primeira vez no Brasil foi realizada uma pesquisa que analisa dados de discriminação e seus danos, para os portadores de HIV e AIDS no país. O estudo foi feito com 1.784 pessoas, em sete capitais brasileiras – Manaus, Brasília, Porto Alegre, Salvador, Recife, São Paulo e Rio de Janeiro – entre abril e agosto de 2019. A PUCRS, uma das parceiras da pesquisa, foi representada pelo professor da Escola de Ciências da Saúde e da Vida e coordenador do Grupo de Pesquisa Preconceito, Vulnerabilidade e Processos Psicossociais da UniversidadeAngelo Brandelli, responsável pela pesquisa. “O Brasil está em patama

21/09/2018

O Hospital São Lucas da PUCRS está selecionando voluntários para participar de estudo que testa a eficácia da vacina contra a dengue desenvolvida pelo Instituto Butantan, de São Paulo. Os interessados precisam ser saudáveis, ter de 18 a 59 anos, e serem moradores de Porto Alegre. Para se candidatar, é necessário realizar agendamento pelo telefone (51) 3320.3178.

Publicado em Pesquisa | Tags: ,
04/04/2018
Da esquerda para a direita, Gadonski, Poli e a enfermeira Adriana Conti trabalham na pesquisa no HSL.

Hospital participa de estudo nacional com moderna técnica de diálise

Hospital é o único representante gaúcho no projeto

O Hospital São Lucas da PUCRS é o único representante do Rio Grande do Sul no HDFIT, o primeiro estudo nacional de grande porte relacionado a hemodiafiltração de alto volume online. Essa técnica é uma das mais modernas variações da diálise, capaz de filtrar com maior eficiência diversas substâncias presentes no sangue. O HSL faz parte de um grupo de seis hospitais brasileiros que estão realizando esse trabalho, patrocinado pela Fresenius Medical Care. A pesquisa acompanhará 12 pacientes da unidade de Hemodiálise da Instituição durante 6 meses. Nesse período, será avaliado o desempenho físico dos participantes, comparando os resultados obtidos com a utilização do novo método em relação à hemodiálise convencional. Para isso, além de realizarem exames periódicos de acompanhamento de marcadores específicos, eles utilizarão um aparelho que medirá a quantidade de passos dados e a atividade física desenvolvida. O impacto na qualidade de vida é outro ponto que será analisado, levando em consideração o aspecto geral após a diálise, melhora do apetite e controle da anemia. “Depois que o paciente sai da hemodi